Perímetros de Reabilitação Integrada do Habitat

O Programa PRIHs, desenvolvido pela Secretaria de Habitação de São Paulo (SEHAB), tem como objetivo a melhoria das condições de habitação em perímetros localizados na área central, selecionados por apresentarem um quadro de degradação ambiental, grande número de cortiços e de imóveis vazios ou sub-utilizados. A particularidade do Programa é que todas as ações e projetos são definidos com a participação da população, através de instâncias participativas apoiadas e articuladas por uma equipe local do poder público – o Escritório Antena. Além disso, esses perímetros foram demarcados como ZEIS 3 no Plano Diretor Municipal, o que proporciona o respaldo legal para a produção de habitação social.

O trabalho desenvolvido pelo LabHab entre os meses de novembro de 2003 e março de 2004, teve como objetivo complementar a caracterização sócio-territorial dos perímetros Glicério e Brás (que correspondem às ZEIS 3 C027 e C028, respectivamente) para, ao final, fornecer diretrizes e indicar prioridades de intervenção física e habitacional. Para isso, foram formadas duas frentes de trabalho, uma física e a outra social. Foi realizado levantamento físico-territorial, com enfoque nas condições urbanas, no quadro de precariedade habitacional e nos conjuntos de imóveis de interesse histórico e cultural.

O trabalho social contou com um mapeamento das lideranças comunitárias e com a realização de oficinas de sensibilização com moradores do PRIH Glicério, para construção do diagnóstico participativo do perímetro. Os resultados foram sistematizados na forma de diretrizes de intervenção para os Perímetros. Tratou-se de uma primeira abordagem das possibilidades concretas de ação, elencadas a partir dos relatórios anteriormente desenvolvidos pelo Programa Morar no Centro, dos levantamentos em campo e dos quatro meses de trabalho do LABHAB junto à população. Houve trabalho conjunto com o Laboratório Paisagem, Arte e Cultura (LABPARC FAU USP) que, simultaneamente, estava produzindo o levantamento da oferta e das condições das áreas verdes e espaços públicos nos dois Perímetros, apontando, propostas específicas para melhoria do espaço urbano.

Equipe

Coordenação Geral
Prof. Dr. João Sette Whitaker Ferreira

Coordenação Executiva
Paulo Emílio Buarque Ferreira

Equipe Físico-Territorial

Ana Carolina Louback Lopes – arquiteta e urbanista
Daniela Motisuke – arquiteta e urbanista
Giselle Megumi Martino Tanaka – arquiteta e urbanista

Estagiários

Claudia Querci Filardo
Denise Invamoto
Fernanda Accioly Moreira
Lara Cavalcanti R. Figueiredo
Maria Cristina S. Martini
Wagner Isaguirre Amaral

 

Colaboradores

André Lopes do Prado
Camila Pereira Savaiva
Maria del Pilar Cañamero Yriberry

Equipe Social

Coordenação Social
Ana Maria Caricari

Francisco de Assis Comaru – engenheiro
Isadora Tsukumo – arquiteta e urbanista