A Associação das Escolas e Faculdades de Arquitetura Públicas da América do Sul (Arquisur) premiou este ano dois trabalhos desenvolvidos no âmbito do LabHab. Confira a seguir os projetos selecionados e acesse aqui o resultado completo.

Prêmio Arquisur / Pesquisa 2021

Categoria 2 / Terceiro Prêmio
OS ENTRAVES NO MERCADO DE TERRAS DO CENTRO DE SÃO PAULO: A HERANÇA PATRIMONIAL NA CONSTITUIÇÃO E MANUTENÇÃO DA OCIOSIDADE IMOBILIÁRIA

Ana Gabriela Akaishi – Doutoranda
Erminia Maricato – Docente orientadora

A pesquisa visa aprofundar o entendimento das motivações que levam à manutenção de imóveis ociosos – prédios vazios ou terrenos – no Centro de São Paulo. Problematiza-se em que medida elas se caracterizam mais pelo desinteresse na rentabilização do capital aplicado nos imóveis por seus proprietários, ou por uma postura ativa deles diante de uma expectativa de valorização futura. Parte-se da hipótese de que a retenção dos imóveis – vinculados à capitais mercantis familiares antigos – tem relação com a passagem dos imóveis, por meio de heranças, para novas gerações, que se desligam da função imobiliária de rentabilizar seus ativos. Para verificação da hipótese, a metodologia combina pesquisa empírica de caracterização dos imóveis ociosos e dos seus proprietários a partir de bases de dados públicas, com pesquisas históricas sobre os principais grupos familiares e empresariais que detém imóveis, entrevistas com agentes imobiliários e proprietários, além de revisão bibliográfica sobre o tema.

Prêmio Arquisur / Extensão 2021

Categoria B / Terceiro Prêmio
PROJETO EXTERIORIDADES: ESPAÇOS DE VIDA, HABITAT E PAISAGEM URBANA NAS COMUNIDADES DA ÁGUA ESPRAIADA

Alexandre Abuhab – Graduando
Catharina Christina Teixeira – Docente orientadora
Isadora Rodegheri Trevisan – Graduanda
Lorine Rangel Siqueira – Graduanda
Marcella Nunes Pelluchi – Graduanda
Maria Lucia Refinetti Rodrigues Martins – Docente orientadora
Mariana de Azevedo Barretto Fix – Docente orientadora
Natália Tseng Liu Kam – Graduanda
Paolo Finali – Graduando

O Projeto Exterioridades surge do trabalho conjunto de disciplinas da FAUUSP, e consolida-se com o programa Aprender na Comunidade, da Pró-Reitoria de Graduação da USP, em 2021. Por meio de um olhar sensível, o projeto busca registrar e compreender os espaços livres, públicos e as formas de morar em favelas e conjuntos habitacionais inseridos na Operação Urbana Consorciada Água Espraiada (OUCAE), Zona Sul de São Paulo. O Exterioridades dedica-se à construção de saberes a partir da integração entre universidade e comunidade, por meio de ações participativas e de plataformas de interlocução, co-criando um espaço de escuta de narrativas que se traduzem em conteúdos artísticos, audiovisuais e diagramas informativos, divulgados no perfil @projeto_exterioridades do Instagram. O desenho é utilizado como uma primeira ferramenta de pesquisa, evidenciando as materialidades, tipologias arquitetônicas e a sobreposição de camadas construtivas, elementos relevantes para a análise da paisagem urbana.